Notícias

    Na reedição da Copa Tradição do ano passado, Maevan e Fortaleza entraram em campo com determinação em busca da vitória, que para o Fortaleza significaria classificação antecipada para as semifinais e para o Maevan a recuperação da derrota na primeira rodada. 

    Na primeira etapa o destaque ficou por conta dos pivôs das duas equipes, Cleber do Maevan que não dava um minuto de sossego para os defensores adversários e Gouvêa do Fortaleza levou vantagem sobre a zaga do Maevan e acertou a trave em duas oportunidades. Aos nove minutos de bola rolando após jogada de Cleber a bola sobrou para Zá que empurrou a bola para o fundo das redes abrindo o placar para o Maevan, e na primeira etapa o placar ficou assim com vantagem para o Maevan.

    Na segunda etapa o jogo esquentou as duas equipes atingiram o limite de faltas antes dos treze minutos de jogo, ao todo foram sete cartões amarelos e um cartão vermelho durante o jogo. Aos cinco minutos Felipinho soltou a bomba em uma cobrança de falta e ampliou a vantagem do Maevan para 02 x 00, o Fortaleza tentava mas na hora da finalização deixava a desejar. Um apagão tomou conta da equipe do Maevan aos doze minutos e em um intervalo de quarenta segundos a equipe sofreu o empate, o artilheiro da competição Gouvêa marcou duas vezes para o Fortaleza. Aos vinte minutos em uma saída de bola errado do Fortaleza, Jé chutou no cantinho sem muita força para colocar o Maevan novamente a frente do placar, já nos acréscimos o Maevan cometeu a sexta falta, David do Fortaleza foi para a bola e converteu o shoot out dando números finais ao jogo.